Revolução verde e retrocesso ambiental

Valmir César Pozzetti, Maria Clara Barbosa Fonseca Magnani, Virginia Zambrano

Resum

O objetivo desta pesquisa foi o de verificar a veracidade da informação de que o uso de agrotóxicos – trazido pela Revolução Verde - é necessário para eliminar a fome no planeta e se a revolução verde está em harmonia com o Princípio da Proibição de Retrocesso Ambiental. A metodologia utilizada foi a do método dedutivo: quanto aos meios utilizou-se da pesquisa bibliográfica e quanto aos fins, a pesquisa foi qualitativa. A conclusão a que se chegou foi a de que o uso de agrotóxicos, de forma indiscriminada tem trazido inúmeros prejuízos ao meio ambiente, causando desequilíbrio ambiental e o surgimento de inúmeras mazelas aos seres que habitam o planeta terra; dessa forma, a revolução verde, da forma como está concebida no Brasil, está em desacordo com o Princípio da proibição de Retrocesso Ambiental.


Paraules clau

Agrotóxicos; Alimentação Saudável; Bem-estar Social; Retrocesso Ambiental; Revolução Verde;

Referències


BARBOSA, Caroline Vargas. Retrocessos da constituinte de 1988 para a efetiva da reforma agraria brasileira. Disponível em: http://www.oab-sc.org.br/retrocessos-constituinte-1988-para-efetiva-reforma-agraria-brasileira/580. 04/10/2012. Consulta realizada em 04 dez. 2020.

BRASIL. Decreto Lei nº 4657, de 4 de setembro de 1942 – LINDB. Presidência da República, Rio de Janeiro: 1.942.

BRASIL. Estatuto da Terra e Legislação Agrária – Lei nº 4.504/1964. Congresso Nacional; Brasília, 1964.

BRASIL. Constituição da República Federativa do. Congresso Nacional. Brasília, 1988.

BRASIL. Lei n. 8079/90 – Código de Defesa do Consumidor. Congresso Nacional, Brasília, 1990.

BRASIL. Lei n. 11.105/2005 – Lei de Biossegurança. Congresso Nacional, Brasília, 2005.

COLÓN, Marcos. Beyond Fordlândia Filme Documentário. País/ano: USA, 2017. duração: 75 min. Trailer – Fotos – www.beyondfordlandia.com, consultado em 20 dez. 2020.

FREITAS, Gilberto Passos de; SOUZA, Silmara Veiga de. O Regime Jurídico dos Agrotóxicos e o Sistema da tríplice responsabilidade. Curitiba: Instituto Memoria, 2018.

NALINI, José Renato. Ética Ambiental. Campinas: Millenium, 2001.

POZZETTI, Valmir César. A Biossegurança, o Princípio da Precaução e os riscos da transgenia alimentar. CONPEDI Uberlândia, 2012. Disponível em http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=1b52 30e3ea6d7123. Acesso em: 01 dez. 2020.

POZZETTI, Valmir César. Alimentos Transgênicos e o Direito do Consumidor à Informação. Revista Jurídica Unicuritiba; v.3, n. 36. 2014 Disponível em http://revista.unicuritiba.edu.br/index.php/RevJur/article/view/993/684, consulta realizada em 23 dez. 2020.

POZZETTI, Valmir César e GOMES, Wagner Robério Barros. O PRINCÍPIO DA PRECAUÇÃO E O PACOTE DO VENENO: O PROJETO DE LEI Nº 6.299/2002 E AS ESTRATÉGIAS PARA ENFRAQUECER A FISCALIZAÇÃO DOS AGROTÓXICOS NO BRASIL. Rev. de Direito Agrário e Agroambiental | e-ISSN: 2526-0081| Porto Alegre | v. 4 | n. 2 | p. 71–90|Jul/Dez.2018 Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/210565443.pdf, consultada em 23 dez. 2020.

POZZETTI, VALMIR César Pozzetti; SANTOS, Ulisses Arjan Cruz dos; MICHILES, Marcela Pacífico. O DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL: DA REVOLUÇÃO VERDE AO PROJETO DE LEI DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES (PL Nº 827/2015). Revista Relações Internacionais no Mundo Atual. V. 2, n. 23; 2019. Disponível em: file:///C:/Users/Valmir/AppData/Local/Temp/3906-371375638-1-PB.pdf, consultado em 20 dez. 2020.

POZZETTI, Valmir César; LEITE, André Fregapani e LUCENA, Ana Carolina. INCENTIVOS FISCAIS ÀS EMPRESAS PRODUTORAS DE AGROTÓXICOS E O DIREITO À ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL. Revista Percurso -ANAIS DO IV CONLUBRADECvol.03, n°.30, Curitiba, 2019. pp. 91 -99. Disponível em: file:///C:/Users/Valmir/AppData/Local/Temp/3617-371374607-1-PB.pdf, consultada em 21 dez. 2020.

POZZETTI, Valmir César e CARVALHO, Victor Matheus Silva. A contabilidade ambiental como uma ferramenta eficaz à sustentabilidade. Revista Derecho y Cambio Social; N.° 56, ABR-JUN, 2019. Disponível in: file:///C:/Users/Valmir/AppData/Local/Temp/Dialnet-LaContabilidadAmbientalComoUnaHerramientaEficazPar-6967947.pdf, consultada em 20 dez. 2020.

PRESSE, France. Monsanto é condenada a pagar U$$ 2 bilhões por agrotóxico Roundup, à base de glifosato. Disponível in: https://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2019/05/14/monsanto-e-condenada-pela-3a-vez-a-indenizacao-bilionaria-por-agrotoxico-roundup-a-base-de-glifosato.ghtml, publicado em 14 mai. 2019; consultado em 30 nov. 2020.

ROBINS, Monique. O Mundo Segundo a Monsanto. Produção cinematográfica. França, 2008.

SARLET, Ingo Wolfgang e FENSTERSEIFER, Tiago. Direito Constitucional Ambiental: Constituição, Direitos Fundamentais e Proteção do Ambiente. São Paulo, Editora Revista dos Tribunais, 2013.

SHIVA, Vandana. Guerras por água: privatização, poluição e lucro. São Paulo: Radical livros, 2006.

TENDLER, Sílvio. O Veneno está na Mesa. Filme produzido pela Escola Politécnica de Saúde. São Paulo, 2014.




DOI: https://doi.org/10.17345/rcda3013



Enllaços refback

  • No hi ha cap enllaç refback.


Copyright (c) 2021 Revista Catalana de Dret Ambiental